Postagens populares

2 de abr de 2012

Discutindo a Independência do Brasil


Bom... com relação ao processo de independência do Brasil existem alguns pontos interessantes que devemos levar em consideração.
Uma situação que me agrada é discutir por exemplo a data. Tradicionalmente temos o 7 de setembro de 1822 e isso é correto, logico. Mas não significa que seja uma verdade única, estável e inatingível, afinal de contas isso é um tanto complicado em história. Você pode tranquilamente considerar como data o ano de 1808, afinal de contas nesse ano tivemos a chegada de D. João VI no Brasil, juntamente com parte da corte portuguesa fugindo das guerras napoleônicas. Mas qual a relação dessa situação com uma provavel "nova" data para a independência? A resposta é um tanto simple. Em 1808 com a presença da corte no Brasil foi feita a Abertura do Portos as Nações Amigas(entende-se Inglaterra, mas essa é outra discussão) e com isso temos o fim do Pacto Colonial, sem pacto colonial teremos a ausência do colonialismo. Pode muito bem ser argumentado dessa forma.
Uma outra data são os anos de 1815 quando o Brasil foi elevado a condição de Reino Unido a Portugal e Algarves. Bom, sendo Reino Unido, teoricamente não é mais colônia, portanto nada impediria utilizar essa data.
Os anos de 1822 são os mais utilizados até mesmo, entre outros argumentos, pela tradição. Afinal de contas é exatamente em 1822 que o Brasil rompe definitivamente com Portugal, logo na sequência vem os reconhecimentos externos, sendo os EUA, os primeiros a aceitar a existência de um novo país na América do Sul. Será realmente?
Por que não utilizar os anos de 1831? Mais precisamente 7 de abril de 1831, quando da a abdicação de D. Pedro I, afinal de contas somente a partir dessa data é que o Brasil não tem mais um português a frente de sua administração.
Enfim, essas poucas palavras servem para refletir um pouco sobre esse assunto, muito mais criando dúvidas do que respondendo, mas história tem um pouco disso também...
Grande abraço

Nenhum comentário: