Postagens populares

24 de fev de 2010

Arquidiocese quer processar filme que destruiu Cristo



Destruir o Cristo Redentor no filme "2012" foi considerado um atentado contra a Igreja pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, que cobra da Columbia Pictures o pagamento de uma indenização por uso indevido de imagens.

O filme do diretor alemão Roland Emmerich, o mesmo de "O dia depois de amanhã" e "Independence Day", narra a história do fim do mundo - que parece ser uma grande obsessão para Emmerich, a julgar por sua filmografia. "2012" é estrelado por John Cusack, Thandie Newton, Amanda Peet e Woody Harrelson. Vários monumentos são destruídos por computação gráfica, inclusive o Cristo Redentor.

A Arquidiocese do Rio não pode cobrar pelo uso da imagem do Cristo, mas tem poder de veto, com a justificativa de que se trata de um símbolo religioso e que deve ser preservado. O escritório da Columbia já foi notificado e os advogados da empresa em Los Angeles estão cuidando do caso.

A advogada Claudine Dutra, responsável pelo departamento jurídico da Arquidiocese, afirma que a Columbia procurou a entidade na fase de pré-produção e o pedido de autorização foi negado. Ela explicou que ainda não há um valor estipulado para a indenização.

O filme "2012" já não está mais em cartaz.

fonte: www.yahoo.com.br

É simplesmente impressionante a preocupação da Igreja com relação ao filme! Mas sinceramente vão se preocupar com seus fiéis, diga-se de passagem, os estão perdendo diariamente. Essa situação me lembra, em menor escala lógico, um fato ocorrido aqui em Santa Maria/RS onde a diocese resolveu comprar uma bela discussão com um curso pré-vestibular devido a sua propaganda que falava "o último a se matricular é a mulher do padre". Bom todos sabem que padre não tem mulher....é alguns não tem, mas isso é outra história. O que realmente me inpressiona é essa preocupação com o filme e justamente agora meses após o filme ter saido de cartaz. Eu acredito que a Igreja deve ter mais coisas para fazer e com certeza muito mais importantes...ou não afinal de contas pelo que parece estão querendo uma indenização pela utilização das imagens do Cristo! Mas um momento...o Cristo é da Igreja? Acho que estou ficando velho demais... esse mundo está realmente mudando.

5 comentários:

SERGIPEONLINE disse...

ESSA CRISTANDADE É UMA MERDA! NÃO SABIA QUE ELES TINHAM DIREITOS SOBRE PATRIMÔNIO PÚBLICO. TODAS AS DECISÕES DA CRISTANDADE SÓ TEM ATRAPALHADO O PROGRESSO DA HUMANIDADE. SÓ FALTA MAIS UMA "CRUZADA" POR UMA ASNEIRA DESSAS. SEUS PADRES VÃO PROCURAR O QUE FAZER VOCÊS ESTÃO PRECISANDO!!!

Loveless disse...

"Mas um momento...o Cristo é da Igreja? Acho que estou ficando velho demais... esse mundo está realmente mudando."

Eu também achava isso._.
Acho que não é uma questão de "estar ficando velho", afinal tenho só 17 anos e concordo.

Mas acho que a igreja não podia deixar essa passar. Vai saber quantos fiéis abriram os olhos e perceberam que podem rezar em suas próprias casas e pararam de pagar o dizimo. Se for o caso o padre vai ficar sem poder comprar o carro do ano... então precisam tirar dinheiro de alguém.

Não é apenas por ser atéia que digo essas coisas. No tempo que acreditava nesse deus já achava religião uma idiotice.

Até parece que uma estatua que é patrimônio público tem dono... ainda mais a igreja. ¬¬'

Mih disse...

concordo contigo. e se cristo está em algum lugar vendo isso, deve se sentir puto da vida, por meros viventes quererem ser seus representantes na terra, e ganhar dinheiro em cima disso. tenho pena de jesus '-'

Cícero Alberto disse...

A diocese do Rio de Janeiro devia se preocupar com outras coisas. Mas pelo jeito ainda navega pelos mares da Idade Média, quando era uma "rainha" controlando a tudo e a todos! Só que esse tempo passou e ela ainda não percebeu. Ela poderia fazer mais pelos seus fiés cariocas e não ficar preocupada com isso!

Henrique Karllos disse...

Acredito que o Cristo é muito mais do que uma "estátua" fonte de lucros turísticos. A Igreja Católica em pleno século XXI, mantem uma visão medieval: a toda poderosa, a única representante de Deus. Fica a dúvida no ar, se ofenderam por que o filme mostra a queda de um ponto turísco? ou por destruir o simbolo do Catolicismo?