Postagens populares

23 de ago de 2009

Regimes Totalitários e II Guerra Mundial


Slide 2Slide 2

Situação européia

  • Efeitos da 1ª Guerra Mundial.
  • Problemas causados pela crise do capitalismo.
  • Incapacidade da Democracia Liberal em resolver seus problemas.
  • Avanço de idéias de esquerda.

Características do Fascismo

  • Totalitarismo: nada deve vir acima do estado, que tem o controle absoluto.
  • Nacionalismo: a nação é a mais perfeita forma de sociedade que a humanidade conseguiu construir.
  • Militarismo: fortalecimento dos exércitos para a defesa e o expansionismo.
  • Antiliberalismo: ausência de liberdade sindical, econômica e de imprensa.
  • Idealismo: nada era impossível.
  • Anticomunismo: aversão ao comunismo.
  • Expansionismo: incorporação de territórios.
  • Uma das características do Fascismo é a exaltação do chefe, segundo a qual um grande povo necessita de um grande homem como guia e a ele deve-se total obediência. Na Itália, Mussolini foi considerado o Dulce, o condutor. Em muitos lugares, inclusive nas salas de aula, figurava a seguinte frase: Mussolini nunca erra.


Fascismo Italiano

  • Situação da Itália após a 1ª Guerra – crise econômica, desemprego, miséria e inflação. Governo incapaz de deter a crise. Agitações, greves e avanço de idéias de esquerda atemorizavam a burguesia.
  • Mussolini, ex-combatente da 1ª GM e ex-socialista organizou os fascios de combate (1919) grupos de choque para por fim às manifestações.
  • 1921 foi fundado o Partido Nacional Fascista.
  • 1922 – Marcha sobre Roma, onde milhares de partidários se direcionaram para a capital.
  • Vitor Emanuel III entrega o cargo de 1° ministro para Mussolini.
  • 1924 – fascistas ficaram com a maioria das cadeiras do Parlamento iniciando uma grande repressão contra opositores.
  • 1925 – Mussolini se torna o Dulce, concretizando o Estado fascista que pregava a harmonia entre patrão e empregado com o desenvolvimento do ideal corporativista. Trabalhadores organizados em sindicatos, governavam o país através do Partido fascista, identificado com o Estado
  • 1929 – Tratado de Latrão
  • Crise de 1929 – atinge a Itália. Para tentar superá-la, aumentou a produção de armamentos e para a expansão territorial.
  • 136 – Itália invadiu a Abissínia (Etiópia). A Sociedade das Nações, nada fez.
  • Mussolini aliou-se à Alemanha e ao Japão em diversas questões internacionais, como o Pacto Anti-Komintern.

Nazismo

  • Fim da 1ª GM e Tratado de Versalhes.
  • Desemprego, inflação, violência e um profundo descontentamento.
  • 1918 – criação da República de Weimar
  • 1919 – foi fundado o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. A frente dele estava Adolf Hitler, nacionalista que conquistou um grande número de adeptos.
  • Organização das AS, ou Tropas de Assalto, grupos para-militares que intimidavam e perseguiam seus opositores.
  • 1923 – Putsh de Munique – tentativa de golpe fracassado, Hitler acaba preso.
  • Na prisão escreve Mein Kampf (Minha Luta) onde expôs os fundamentos do Nazismo – Nacionalismo, totalitarismo, anticomunismo, antisemitismo e o espaço vital.
  • 1924 – a Alemanha começa a se estabilizar – capitais estrangeiros.
  • 1929 – Crise
  • 1930 – grande vitória nazista nas eleições, três anos depois Hindenburg nomeou Hitler Chanceler – o Nazismo chega ao poder.
  • Em 1934 com a morte de Hindenburg, Hitler ocupa o cargo de presidente e adotou o título de Führer anunciando a fundação do III Reich.
  • Através de uma bem organizada propaganda, liderada por Joseph Goebbels, a sociedade alemã e, principalmente, a juventude sofriam uma forte doutrinação.
  • O Estado nazista intervinha em todos os setores da economia, promovendo o crescimento industrial e a construção de obras públicas (absorves mão-de-obra).
  • O desenvolvimento industrial levou a busca por mercados consumidores e a expansão territorial.

Outros exemplos de Fascismos
  • Salazarismo: fascismo em Portugal através de Antonio de Oliveira Salazar, um governo iniciado em 1933 que teve seu termino apenas em 1974 com a Revolução dos Cravos.
  • Franquismo: após uma vitória eleitoral de grupos de esquerda ocorreu um golpe de estado liderado por Francisco franco, iniciando uma guerra civil na espanha. É interessante citar o apoio Alemão às forças fascistas da Espanha. O Franquismo durou até 1975.
  • Ação Integralista Brasileira: liderada por Plínio Salgado, contou com o apoio de diversos setores da sociedade. Foi uma adaptação das idéias fascistas ao contexto brasileiro.

II Guerra Mundial
(1939 - 1945)
  • Mundo em depressão.
  • Ineficiência da Sociedade das Nações.
  • A busca pelo Espaço Vital – a integração das populações alemãs que viviam na Austria, Sudetos e em Dantzig na Polônia. Os sudetos foram anexados por Hitler e reconhecidos pela Inglaterra e França na Conf. De Munique. Mas é a invasão da Polônia que serve como estopim para a Guerra.
  • Blitzkrieg – guerra-relâmpago com a ocupação da Dinamarca, Noruega, Bélgica e Holanda. O sucesso de Hitler promove o afastamento de Chamberlain que foi substituído por Winston Churchill.
  • Tanques alemães rompem a Linha Maginot e em junho de 1940 ocorre a invasão de Paris. Inicio da resistência francesa com o Gen. De Gaulle a frente dela.
  • Em 1941 (após conquistar a Grécia, Bulgária e Iugoslávia) Hitler se volta contra a URSS em 1941. O inverno rigoroso e a resistência dos soviéticos obrigaram os alemães a recuar.
  • 7 de dezembro de 1941 – ataque japonês em Pearl Harbour – EUA entra na guerra.
  • A partir de 1942 os aliados passaram a obter várias vitórias. EUA forçam os japoneses a recuar, no norte da África os ingleses vencem os alemães assim como os soviéticos derrotam as forças nazista em Stalingrado.
  • Nesse mesmo ano navios brasileiros são afundados por submarinos alemães.
  • 1943 – aliados desembarcam na Sicília. Vitor Emanuel III destituiu Mussolini do cargo de 1° ministro, este refugiou-se no norte da Itália onde resistiu até 1945.
  • 6 de junho de 1944 – desembarque na Normandia (Dia D). Iniciava-se a decadência da Alemanha.
  • 2 de maio de 1945 aliados chegam em Berlim. No dia 8 a Alemanha assina o armistício.
  • A guerra no pacífico durou até o lançamento das armas nucleares em Hiroshima e Nagasaki. O Japão se rende em 15 de agosto de 1945. está terminada a 2ª Guerra Mundial.

Acordos de Paz

  • Conferência de Teerã (1943): Stálin, Churchill e Roosevelt – planos sobre a Normandia e direitos da URSS sobre o Leste Europeu.
  • Conferência de Yalta (1945): partilha do mundo.
  • Conferência de Potsdam (1945): tribunal de Nuremberg, divisão da Alemanha.
  • Conferência de São Francisco (1945): ONU

O mundo do pós-guerra

  • Somados todos os afetados pela guerra – 50 milhões de mortos.
  • Grandes cidades forma destruídas, transportes e comunicação interrompidos, pontes, rodovias e ferrovias destruídas.
  • EUA apesar dos gastos, cresceu industrialmente, expandiu o seu comércio e acumulou uma enorme quantidade de ouro.
  • Socialismo se expandiu na Europa e o mundo se dividiu em dois blocos: o capitalista, liderado pelos EUA e o socialista, liderado pela URSS.

4 comentários:

Milu Artes disse...

oi! eu sou de cachoeira do sul, faço cursinho no precisão...
eu estou fazendo um trabalho sobre a segunda guerra mundial e tenho que apresentá-lo sozinha nesta terça-feira dia:28/09, estou apavorada... existe alguma forma de entender a 2ª guerra de um jeito bem fácil? me ajuda!? abraços Jú.

Jana B. disse...

Olá, meu Blog recebeu o prêmio DARDOS (um selo). Indiquei o seu blog para ganhar esse selo também, passe lá no Só pra Historiar (http://soprahistoriar.blogspot.com) e pegue seu prêmio, vc pode colar o selo no seu blog e indicar 15 blogs amigos! Abraços.

wind disse...

bah, segunda guerra mundial é pop mesmo, heeinhô professor (:

Anônimo disse...

Oi eu sou de ituiutaba minas gerais, estou fazendo um trabalho sobre regimes totalitários e eu quero saber com(estabeleça relação entre os sistemas totalitários de governo e a segunda querra mundial ). me ajuda